Sobre a Alfabetização.


Hoje, a lei obriga a matrícula da criança de seis anos no Ensino Fundamental, visando que ela seja alfabetizada.
A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional fala em seu Art. : “É dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula dos menores, a partir dos seis anos de idade, no ensino fundamental”.
Porém, a escola particular antecipa ainda mais esta etapa, a maioria das escolas hoje, alfabetiza crianças com cinco anos de idade. É uma solicitação da família e da escola, que o professor antecipe este processo.
Na verdade é sabido que o processo de alfabetização inicia-se assim que a criança entra na escola, com o contato com o mundo letrado e cada um vai se desenvolvendo de acordo com o seu tempo, com o seu ritmo...  Mas o que observei nesses anos, é a necessidade de se enquadrar esta criança dentro de uma fase da escrita. E consequentemente assim iniciam se os rótulos...
E, o que ao meu ver, é ainda mais questionável, nesta fase a criança precisa vivenciar no concreto a sua aprendizagem, precisa de atividades exploratórias e principalmente, precisa brincar! Atualmente, a família e a escola, já não priorizam esta etapa fundamental, para o desenvolvimento humano. Estamos adiantando etapas e pulando fases importantes.
Temos em muitas  escolas, muitas atividades de registros  e pouco tempo destinado a atividades corporais e jogos simbólicos. Muitas vezes, essas atividades são praticadas, apenas uma vez na semana, isso em um grupo com crianças de cinco anos...
Acredito que o olhar psicopedagógico dentro da Educação Infantil se faz necessário. A psicopedagogia na educação infantil, seria um ganho muito grande dentro da escola, tanto para os professores e muito mais, para as crianças.

Escrito por Elaine P. Santos. Por favor, se for copiar, indique a fonte.




Related Posts with Thumbnails